domingo, 25 de janeiro de 2015

Qual cursinho fazer? (Part II)

Como combinado aqui está a parte da minha amiga Bia (linda), que fez cursinho na Fea-USP. Espero que ajude todos os vestibulandos, e muito Obrigada pela participação Beatriz:


"Bom, o acredito que o ano passado não foi fácil pra ninguém –digo a quem se dedicou, obviamente- no meu caso foi escola de manhã, curso técnico à tarde e cursinho aos sábados, foi bem cansativo!  Aos sábados quando ia pro cursinho eu saia de casa às 4:50 da madrugada para chegar no cursinho às 6:50 (as aulas se iniciavam as 7:30, mas como demora para passar os ônibus, eu tinha que pegar esse horário para não chegar atrasada). Até a metade do ano, quando acabaria meu técnico, eu chegava em casa umas 18:40, e tinha que tomar banho, comer e depois ir fazer coisas da escola, que era prioridade, fazer algo do TCC e tentar fazer algumas coisas do cursinho (resumos, resolução de exercícios etc.) o que era bem complicado pois nunca fui de estudar à noite e dormir bem tarde, para mim, era sinônimo de ficar morta ao cubo no outro dia, então era meio complicado, mas o que eu podia fazer, eu fazia. Depois que meu técnico acabou, eu chegava em casa por volta das 13:00 e comia algo e depois ia estudar, confesso que foi complicado se adaptar novamente a ficar em casa e estudar, milhares de vezes o cansaço batia e você tinha que dar seu máximo, que em muitas vezes não parece ser o máximo e você (é modo de falar, se refiro a mim! Haha) pensa “Poderia ter me dedicado mais...”. Isso quando não bate aquele sentimento de tristeza, vestibulandos entendem, e vem os pensamentos, “E se eu não conseguir?”, “Nossa, meu pai e minha mãe estão investindo, o que tem e o que não tem, em mim e se eu não passar?”, “Estou fazendo as coisas da escola e minhas coisas do cursinho estão acumulando, e agora?”, dentre outros milhares de dilemas da vida. Não é fácil! Mas quem disse que seria? Esses são dilemas comuns e que sempre acontece com alguém, acalme-se, você não é o único.
No quesito de fazer cursinho no terceiro ano, eu lhe faço as seguintes perguntas: “Você tem base suficiente?” quando digo base, me refiro ao básico das matérias, por exemplo, fração, potenciação etc. em matemática? Sabe o que são as classes de palavras em gramática? Sabe notação científica de física/matemática? Me referi a tais assuntos pois como já disse eles são a BASE o mínimo do mínimo que você deve saber para não se complicar lá na frente. Não temos como dar sequência a um conteúdo mais difícil sem saber o básico, caso contrário, você ficará perdido e não entenderá nada. Em muitos momentos nas aulas do cursinho eu não entendia diversas coisas que sempre tentava fugir (alô matemática!) e não tem como, quer curso concorrido? Se dedique meu caro (a), não tem como deixar algo pra trás.
Caso você tenha base, já é um belo começo! Mas na minha humilde opinião, se eu pudesse faria o cursinho só após o final do ensino médio! SEMPRE digo o cursinho supeeeeer me agregou ano passado e claro, dá para se observar o que eu fiz ou não, o que dá para melhorar, etc. é um acréscimo bem grande se comparado com alguém que faz pela primeira vez e não sabe das suas dificuldades, o que fazer primeiro etc. Mas se você puder, tiver condições, disponibilidade, etc. faça após o ensino médio, assim não terá de se preocupar com mil coisas da escola, técnico ou qualquer outra coisa, a não ser o conteúdo do cursinho que deverá ser estudado.

Para finalizar (aleluia, eu sei que falo/escrevo demais, desculpem-me!) eu digo uma coisa, NÃO DESISTAM DOS SEUS SONHOS, é difícil? É. Você vai chorar e ficar doido se não conseguir responder uma questão? Vai. E quando a matéria acumular? Vish. Mas pense na sua recompensa. Se isso for realmente seu sonho, corra atrás e dificuldades (seja financeira, as suas dificuldades nas matérias, pessoas que não acreditam em você –esses são os invejosos que queriam ter 1% da sua coragem pra correr atrás dos seus sonhos, etc.) vão aparecer, mas faça de tudo e derrube-as. Se aquilo ainda toca seu coração, batalhe. Nada é impossível! ACREDITE EM SI MESMO! VOCÊ PODE, VOCÊ CONSEGUE! Espero que eu tenha ajudado alguém, precisando é só chamar! Tchau! :D "

O que vocês acharam do post? Podem fazer qualquer pergunta que eu converso com minhas amigas para me ajudarem a responder. Agora só falta o comentário da Bruna, aguardem....


Nenhum comentário:

Postar um comentário